Organograma da CERCIFAF

 

Clicar para fazer zoom

 

Órgãos Sociais

  • Os Órgãos Sociais - Assembleia Geral, Conselho Fiscal e Conselho de Administração - são órgãos de natureza institucional, elegíveis, e regem-se pelas competências e responsabilidades previstas no Pacto Social.
  • O Conselho Geral, previsto no art. 26º do Pacto Social, é um órgão de natureza consultiva, rege-se por Regulamento próprio, aprovado nos termos e para os efeitos estatutários previstos.


Conselho Executivo

  • É uma estrutura de 1º nível de gestão interna, com capacidade para deliberar sobre assuntos de natureza institucional e técnica, criada para agilizar a tomada de decisões e para assegurar a gestão de responsabilidades e o funcionamento corrente das Unidades e Serviços.
  • Reúne semanalmente para tratar e decidir sobre assuntos de natureza organizacional.
  • É composta por membros do Conselho de Administração, cujos elementos asseguram as responsabilidades nas diversas áreas de gestão definidas, num processo de partilha de competências e responsabilidades.


Conselho Técnico

  • É uma estrutura de natureza Técnica, de carácter organizacional, representada pelo Diretor Técnico e pelos Coordenadores e Responsáveis de Serviços, designados ou mandatados pelo Conselho de Administração para exercer funções equivalentes a chefias intermédias, podendo nela estar representados outros responsáveis sectoriais de acordo com as necessidades e objetivos a tratar.
  • Garante a implementação de decisões e as trocas de informação e comunicação intersectorial, acompanhando o cumprimento das Normas e Orientações difundidas.
  • Assegura de forma articulada a execução e qualidade do conjunto das intervenções, as dinâmicas de trabalho das equipas, as relações de parceria e o relacionamento institucional no terreno.
  • Reúne Quinzenalmente para assegurar as responsabilidades pedagógicas e técnicas e o desenvolvimento de toda a prestação de serviços.


Áreas de Gestão

  • São áreas que respondem pelo cumprimento das responsabilidades institucionais, nos domínios da gestão técnica corrente e da qualidade da gestão organizacional.
  • Asseguram a prestação dos serviços aos Clientes, o desenvolvimento das Parcerias e o cumprimento das Normas e Obrigações de natureza técnica e financeiras.
  • Asseguram o cumprimento da Missão e o desenvolvimento da Estratégia Organizacional definida pelos Órgãos de Admiinistração.
  • Garantem o funcionamento das Unidades e Serviços e o desenvolvimento dos Programas, Projetos, Medidas, e o conjunto das responsabilidades assumidas perante as entidades Reguladoras e Financiadoras.


Coordenação de Unidades e Serviços

  • São estruturas de 2º nível de decisão, a quem são atribuídas responsabilidades funcionais de coordenação, organização processual e de chefia, relativamente aos Colaboradores e Clientes das respetivas Unidades, Valências e/ou Serviços.
  • Asseguram a implementação das decisões e orientações de funcionamento, tomadas em sede de Conselho Técnico, da qual fazem parte.
  • Garantem o cumprimento, execução e controlo dos Planos das respetivas Unidades/Serviços, bem como a aplicação de critérios e exigências regulamentares
  • São diretamente geridas pelos Coordenadores, Responsáveis dos Serviços, ou outro tipo de designação, sendo nomeados e/ou designados pelo Conselho de Administração.
  • Reúnem com as Equipas Técnicas à sua responsabilidade, pelo menos uma vez por mês.

| Página optimizada para uma resolução de 1360x768 ou superior. | Google Chrome v.22 ou superior. | Webmaster roger@cercifaf.pt |