Mensagem de Natal


Presépio de Natal
As Instituições de Solidariedade Social estão a atingir o estado de saturação com a inclemência de quem tem o dever de fazer as escolhas certas e de determinar critérios de prioridade na construção de uma sociedade inclusiva.

Por isso, neste Natal de 2012 formulamos um primeiro desejo: permitam-nos continuar envolvidos na defesa dos princípios consagrados na Convenção dos Direitos das Pessoas com Deficiência, assumida pela maioria dos países das Nações Unidas e, por ratificação, integrada na ordem jurídica portuguesa.

“…promover, proteger e garantir o pleno e igual gozo de todos os direitos humanos e liberdades fundamentais por todas as pessoas com deficiência e promover o respeito pela sua dignidade inerente.”

A nós, que trabalhamos nestas organizações, compete-nos tudo fazer para garantir este objectivo e não deixar apagar a chama que ilumina o nosso Horizonte de Esperança. Mas o sentido de responsabilidade impõe-nos que nos mantenhamos atentos às nuvens que se vão adensando naquele horizonte, comprometendo a nossa história de solidariedade.

Aos mais fragilizados e a todas as Famílias que sofrem com o Desemprego e falta de Esperança a CERCIFAF deseja um Natal quente e virtuoso, capaz de retemperar forças para afastar as angústias do seu presente.

A CERCIFAF a todos deseja um Feliz Natal e um Ano realmente Novo, fazendo votos para que a Comunidade saiba encontrar caminhos para a construção de um Mundo Melhor e mais Fraterno.

 

CERCIFAF, 4 de Dezembro 2012.

O Presidente da Direcção

José Lino Barros Silva

Arquivo ORG

| Página optimizada para uma resolução de 1360x768 ou superior. | Google Chrome v.22 ou superior. | Webmaster roger@cercifaf.pt |