Carta dos Direitos e Deveres dos Clientes

 

 

Assumindo como referência fundamental a Convenção das Nações Unidas sobre os Direitos das Pessoas com Deficiência, e sem prejuízo do que se encontra postulado nas leis nacionais e internacionais consagradas a favor das pessoas com deficiências e incapacidades;
Tendo como objetivo informar e promover o exercício dos direitos e deveres das pessoas com deficiências e incapacidades, numa tradução acessível e prática das leis e normas instituídas, e em conformidade com o Código de Ética, é criada a Carta dos Direitos e Deveres dos Clientes da CERCIFAF.

 

Direitos dos Clientes

 

Os Clientes da CERCIFAF têm direito a:

 

  1. Ser tratados com respeito e dignidade;
  2. Ser respeitadas as suas opiniões, ideias, modos de vida e de cultura;
  3. Receber cuidados apropriados, contínuos e com qualidade, em tempo útil;
  4. Beneficiar de todos os serviços existentes ou a criar, necessários e adequados ao seu projeto de vida;
  5. Participar na organização e no funcionamento da CERCIFAF, em condições de igualdade;
  6. Ser informados e esclarecidos sobre tudo o que lhes diga respeito;
  7. Consultar as informações que constam do seu processo;
  8. Aceitar ou recusar a divulgação dos seus dados pessoais e o uso da sua imagem;
  9. Fazer-se representar e/ou indicar os seus representantes;
  10. Exigir privacidade e confidencialidade sobre informações e dados pessoais;
  11. Apresentar sugestões e reclamações e obter resposta às mesmas.

 

DEVERES DOS CLIENTES

 

Os clientes da CERCIFAF têm o dever de:

 

  1. Cuidar da sua saúde física e psíquica;
  2. Respeitar os direitos de todas as outras pessoas, incluindo os seus colegas de trabalho e os trabalhadores e responsáveis da Instituição;
  3. Contribuir de modo positivo para o seu processo de educação, formação e reabilitação;
  4. Colaborar com os profissionais ao serviço da Instituição;
  5. Utilizar os serviços de acordo com as regras estabelecidas;
  6. Cumprir as regras definidas, acordadas e comunicadas;
  7. Cooperar na redução de consumos e despesas desnecessárias;
  8. Pagar os encargos que derivem da prestação de serviços.

| Página optimizada para uma resolução de 1360x768 ou superior. | Google Chrome v.22 ou superior. | Webmaster roger@cercifaf.pt |